11/11/2018
Acampamento da Alcateia

Nos dias 10 e 11 de novembro a Alcateia Cônego Sorg, realizou seu acampamento e o local escolhido foi o sitio Capão do Leão. O tema, aproveitando o mito em torno do local,  foi “Encontrando o Leão”. Foi  uma atividade muito aguardada por todos os Lobinhos, como o clima estava quente e sem previsão de chuva o acampamento foi externo.

Às 14 horas os Lobinhos foram chegando ao local trazidos por seus pais, após deixados seus pertences nos locais destinados, aguardada a chegada dos Escoteiros que já estavam acampados no mato, foi iniciado oficialmente o acampamento com o hasteamento da bandeira, oração e um quebra-gelo com a canção “Vaca voa, sim...”,

Após os escoteiros retornaram para seu local de acampamento e os Lobinhos permaneceram na sede do sitio. Depois foi realizado o Grande Uivo, foram formadas as matilhas e escolhidos os nomes: “Leões Guerreiros” e “Garra do Leão”.

Durante a tarde de sábado foram realizadas duas bases, onde em uma das bases depois de vencer o desafio do labirinto tinham que formar palavras com as letras que receberam. Na outra base o desafio foi juntar os pedaços e formar a Promessa do Lobinho.

 Para o lanche da tarde, foi disponibilizado ingredientes diversos para que pudessem montar seus sanduíches.

Após o lanche, como a sombra no local da montagem do acampamento já estava maior todos foram montar as barracas e guardar suas mochilas, rapidinho foi formado um condomínio de barracas, com um verdadeiro trabalho de equipe.

À tardinha foram liberados para jogar um pouco de futebol, enquanto alguns adeptos da bola jogavam, outros já estavam trabalhando no planejamento das esquetes para a Flor Vermelha à noite, e o tererê serviu para aliviar o calor. Após a higiene o jantar já estava à espera,  feito com muito carinho pela Liane, avó dos Lobinhos Arthur e Ellen, foi servido strogonoff com arroz e salada.

Após o jantar enquanto os adultos organizaram a cozinha, foi dado mais um tempo para finalização e ensaio das esquetes. Como já estava combinado que os Lobinhos iriam participar  do Fogo de Conselho dos escoteiros, com suas lanternas, que acendiam e apagavam, os Lobinhos desceram o potreiro até o mato, local do acampamento escoteiro, após  assistirem a Promessa do Escoteiro Luís foi dado inicio ao “Fogo de Conselho – Flor Vermelha”, entre muitas canções e palmatórias, foram apresentadas as esquetes das matilhas e dos escoteiros, após a canção da despedida, foi o momento de retornar ao acampamento, alguns com “titica” de vaca, nos pés e outros com a roupa suja, pois  haviam sentado nelas, com o medo do escuro e do leão, subiram o morro de volta ao acampamento, já era tarde e foram dormir.

Pela manhã cedinho, já tinha Lobinho fazendo alvorada, conseguiram ficar mais um pouco nas barracas, após tomado o café, feita a bandeira aconteceu a espiritualidade do dia, que foi um momento de reflexão e observação da natureza.

Prosseguindo as atividades foram realizadas competências para a conquista da especialidade de Rastreamento: foi trabalhado a percepção através do: olfato, tato, reprodução de desenho e Kim de observação.

Concluídas as atividades de rastreamento, tiveram instruções e treino de nós enquanto novamente saboreavam o tererê, depois puderam conhecer e saborear as frutinhas das árvores da propriedade, saborosas pitangas e cerejas.

Como o almoço estava um pouco atrasado foi feita a desmontagem das barracas e organização das mochilas, para não atrasar o andamento das atividades.

Para o almoço os pais de apoio prepararam um galeto assado com massa e salada, depois receberam um sacolé de sobremesa.  Pena que o freezer falhou e não congelaram todos.

O sucesso foi por conta do filhote de ovelha que o Sr. Juliano, caseiro da propriedade, que o buscou no potreiro para que os Lobinhos pudessem acariciar e tirar fotos.

Vestido os uniformes para o encerramento, pois todos sabiam que era importante estar bem arrumados para a Promessa do Vinicius, momento muito importante para toda a Alcatéia. A Promessa foi conduzida pela Akelá com a participação da família do Vinícius, da Alcatéia e dos Escoteiros, proferida a Promessa, Vinícius recebeu o distintivo das mãos da Raksha, o certificado entregue pela sua família e o padrinho de lenço escolhido foi o Lobinho Mateus.

No encerramento ficaram sabendo que para encontrar o leão terão que se tornar escoteiros e ir acampar no mato, por enquanto terão que continuar imaginando.

Dado caça livre seguiram para casa com seus pais.

Participaram do Acampamento:

Matilha Leões Guerreiros:                                           

Cassiano Bettio  (primo)                                              

Arthur Piccinini                                                             

Vinícius Moura                                                            

Helena Bettio                                                              

Segundo: Maria Fernanda Rohr (Segunda)                               

Matilha A Garra do Leão

Mateus Amende (Primo)

Enzo Gabriel B. Marcondes

Heloísa  Zart da Silva

Ellen Piccinini

Gabrielle Schwerts

Carolina Fabro (segunda)   

Chefia: Rosane Bernardi, Marlene Cólvero

Pais de Apoio: Liane Schneider, Carine Bernardi, Dico Marcondes, Beth e Márcio Schwerts

Estiveram por lá: Angela Moura, Alisson Moura, Felizardo Sauthier, Eliseu Rohr, Willian Moura e o caseiro do sitio Sr.Juliano.

Voltar