29/11/2015
CAMPANHA FINANCEIRA NA CANTATA NATALINA

A  chefia do ramo sênior com aval da diretoria do grupo sugeriu a Tropa que escolhessem uma ou mais  atividades para arrecadação de Recursos com objetivo de "formar um caixa"  da tropa.

Dentre  várias sugestões a escolhida foi a venda de espetinhos, água e refrigerantes na praça na noite da Cantata Natalina da rede Notre Dame.  Após a parte legal estar toda organizada partimos para a prática.

Sábado pela parte da manhã nos reunimos na sede do grupo para preparação dos espetinhos.  contamos com a colaboração de alguns Pais e/ou  amigos da tropa  e até bolachinha decorada de natal teve como lanche.

Concluída esta etapa ficamos de nos reunir na parte da tarde para levar as "tralhas"  até a praça para montagem da nossa “tenda”.  Após um longo período de indefinição  se a Cantata seria  realizada ou não por causa da chuva o  Kemmerich  nos comunicou que estava cancelada e que seria realizada no domingo, dia 29/11. Só nos restou acomodar  os espetinhos montados na geladeira.

Diz o ditado que depois da chuva vem  o Sol e realmente o domingo foi maravilhoso.  Conforme  o combinado nos reunimos na sede e carregamos as coisas rumo a Praça Brasil.   Montamos nossa tenda e organizamos as coisas conforme  os recursos que tínhamos no momento, nos defendendo  na forte ventania  presente .

Acondicionadas as coisas e definidas as funções, a nossa “tendinha” começou a ser bastante visada pelos presentes.

Iniciamos os trabalhos propriamente dito por volta das 17:30 e  a fumaça fez a parte principal do convite  à venda.

No início foi calmo, mas depois todos  se lembraram do “se vira nos trinta”  por que foi um sufoco no bom sentido e o empenho para melhor atender. Não sei ao certo mas, acho que eram 21:15 horas mais  ou menos, terminamos a venda dos espetinhos.  

Foi uma atividade trabalhosa mas  de proveito no  aspecto como nós interagimos com a população  de uma forma educada, cortês e alegre (mesmo com os olhos enfumaçados, como diz  Mano Lima ). Agradecimento aos Pais que colaboraram.

Sobrou tempo para selecionar umas e outras:

- Sábado pela manhã  teve bolachinha decorada...

- Ch Salete  fez almoço para muitos.....( na casa dela)...

- Em compensação na parte da tarde a “angústia “ era com o tempo ( para de chover /volta chover ..)

- No domingo alguns se atrasaram um pouco.....

- O vento foi um aliado= fumaça e o cheiro do assado...

- O mesmo vento quase levou a tenda........

- Em alguns momentos faltou mão=uma segura tenda e a outra  na churrasqueira.....

- No início era troco pra cá troco pra lá e fumaça para todos...

- Teve um Sênior com privilégios= deGustton  dois de frango...

- A Samantha e o Schumann uma hora se perguntaram aonde estavam de tanto “ lacrimejar “..... foram tomar um “ar”....

- A Tauana e o João ficaram no caixa = longe ???  da fumaça..

No final tudo certo e missão cumprida com zelo, dedicação e um estágio prático, embora de uma forma bem superficial  de iniciativas de empreendedorismo.

 

PARTICIPANTES:

André Victor Thomazi dos Reis

Gustton de Paula Ries

João Vítor Silva dos Santos

Lucas Kapp

Nathália dos Santos Pedroso

Samantha Martins Dalsasso

Tauana Lira Costa da Silva

Wellington Schumann

Chefia:

Carlos Alberto Dal Castel

Salete Martins

Pais

André Reis

Rodrigo Ries

Colaboradores:   

Riane  Pellenz  (sábado)

Pedro Pedroso (domingo)        

 

Voltar