29/03/2015
Excursão São João do Oeste - SC

Relatório da Viagem a São João do Oeste – SC

Atividade criada e desenvolvida por Jonathã KemMerich e contou com a participação de 20 escoteiros e 8 responsáveis.

A viagem foi realizada nos dias 14 e 15 de março de 2015, e o transporte foi pela Kemmerich Tur.

Por incrível que pareça todos cumpriram o horário estabelecido para a saída, não atrasando a viagem. A viagem transcorreu tranquila, com exceção do FUNK que dominou o som durante o passeio.

Ah! E não podemos esquecer que a Luana, que pelo visto queria ir no fundo do ônibus dançar funk, saiu correndo no corredor do ônibus e acabou se acidentando; resultado: fraturou o dedo do pé. Mas isso só ficamos sabendo depois; na hora, não pensamos que fosse tão grave.

Para desespero da maioria dos escoteiros logo que saímos da cidade os celulares deixaram de funcionar!! Ficaram todos isolados do mundo, mas tudo valeu a pena.

Logo que instalados em seus quartos, foi servido um farto café da manhã, gentilmente preparado pelos pais do Kemmerich.

O café contou com várias guloseimas como cucas da região, queijo, bolos, café, leite ....

Após o café, Ch. Marlene fez um curativo no dedo da Luana (que parecia apenas estar destroncado).

Em seguida, todos, uniformizados, foram passear no centro da cidade .

A Luana mesmo mancando acompanhou o passeio. Lá conhecemos a maior igreja de madeira da América Latina, uma verdadeira obra prima com todos os bancos construídos sem o uso de pregos!!!

Após todos se maravilharem com aquela obra prima, assinaram o livro de presenças da Igreja, marcando assim nossa presença.

Ao lado da igreja, pudemos conhecer um pouco mais da historia local, visitando o Museu da cidade, que foi aberto somente para nós.

Mesmo sendo  um museu pequeno, havia muita coisa interessante por lá.

Aproveitando a ida ao centro da cidade, alguns esquecidos aproveitaram para comprar algumas coisas como chinelos, lençóis e desodorantes, e isto era extremamente necessário visto o calor que fazia.

A essa hora, os escoteiros já contavam os minutos para voltar ao parque, ansiosos para ir para as piscinas....

Mas pelo adiantado da hora, quando do retorno, não foi mais possível entrar na água, apenas realizar o exame médico exigido.

Para passar o tempo até o almoço ficar pronto alguns escoteiros foram caminhar para conhecer o parque, outros jogaram futebol, ou arrumaram suas coisas nos quartos.

Ao meio dia foi servido delicioso almoço com muita salada, macarrão, molho, galeto e... pasmem: REFRIGERANTE!!!!

O Bardem  comprou um jacaré para tomar banho com ele....

Como todos comeram muito bem no almoço, não puderam entrar na água logo em seguida. Assim cada um resolveu fazer algo para passar o tempo, uns foram dormir, inclusive a Ch. Renata, outros foram caminhar,(ou mancar, no caso da Luana)  pelo parque e os demais ficaram jogando dorminhoco.

Desse jogo saíram vários pintados, pois era a punição de quem estava “dormindo” no jogo....

Se já não bastasse o farto almoço,  foi servido sorvete de sobremesa, e creiam, podia comer à vontade.....

A Ch. Renata continuava dormindo, até que a Rafa entrou no quarto falando as palavras mágicas “TEM SORVETE”. Não foi preciso repetir duas vezes que a Ch. Renata saiu correndo....

Depois disso ninguém mais teve sossego, todos foram para as piscinas, inclusive a Luana....

Lá no parque, havia muitas coisas legais, tobogãs, arvorismo, futebol de sabão, cavalos, passeio de charrete, passeio de pedalinhos, tirolesa, trilha ecológica, pêndulo e  um burro que a Luana apelidou carinhosamente.... e não nos contou o apelido.

A essas alturas, estavam todos com fome e resolveram fazer um lanche tendo como cardápio principal batata frita, salame e queijo....mas nem tudo estava perdido alguns optaram por suco  ao invés de refrigerante....houve quem se aventurou no suco de tamarindo,  açaí,  laranja, clorofila....o Michel fez um pedido especial  “açaí uma carne pra nos”, mas não teve muito sucesso....

À tardinha, quando todos já estavam um pouco cansados, resolveram montar duas equipes para jogar futebol de sabão....Um jogo injusto pois tinha uma goleira que não passava nem uma bola...o Ch. Beto fez um paredão e não teve quem ultrapassasse....

Enquanto isso o Barden passeava de charrete....

Todos gostaram muito da brincadeira, que realmente era muito divertida, sugeriram inclusive de comprar um equipamento para jogar futebol de sabão para nosso grupo....

Só não sei explicar como alguns jogaram futebol de sabão, pois havia alguns escoteiros que estavam só no chão, só  não sei  como pode uma coisa dessas!!!

Como já estavam todos bem ensaboados, voltaram ao alojamento para tomar banho e jantar.

Pensem numa confusão....

Entre ensaboados e limpinhos, todos  puderam repor as energias comendo cachorro quente na janta....

Após a janta, decidiram jogar dorminhoco novamente....e, por incrível que pareça, surgiu um estojo de maquiagem que deixou vários escoteiros com um visual bem diferente do habitual....uns com olhos  pintados, outros com batom, teve ate uma nova versão da Júlia monocelha....

Todos riram muito e ao final somente o Guston e a Ch. Renata saíram limpinhos....

Quem disse que o dia acabou???

No quarto dos monitores, algo surpreendente aconteceu, a cortina caiu, o ventilador fazia barulhos estranhos e a luz ligava sozinha.....isso deixou com muito medo o Duwe, o Molina e o Kapp, que acreditavam ser fenômenos de outro mundo....

Devia ser mesmo, pois  o Duwe  e  o Kapp foram teletransportados de suas camas, acordando um na cama do outro, sem ninguém ter visto a troca de camas!!!!

Isso realmente foi muito assustador!!!

No quarto das meninas,  também ocorreram alguns fatos estranhos, ouviram-se vozes pela madrugada, há quem diga que era a Samira conversando sozinha....

A alvorada foi às 7h30min, e estava sobre responsabilidade do Kemmerich e do Ch. Araujo acordar  todos. Mas como a Ch. Renata não queria ver ninguém de mau humor, acordou mais cedo para chamar cada uma das escoteiras, com carinho....

Coisa que o Ch. Araujo também tentou, batendo fortemente nas portas e repetindo “Vamos levantar, está na hora!! e ressalvou: "Com carinho!!!”

Ainda bem que as escoteiras já estavam todas acordadas!!!

A Ch. Marlene, com seu estojo com 1001 utilidades, arrumou o botão da bermuda da Julia....

Após farto café, todos se prepararam  para a caminhada...inclusive a Luana....

Logo no inicio da caminhada, todos foram surpreendidos com uma teia de aranha gigante, onde tinha em torno de 9 aranhas.

O trajeto foi curto, mas muito belo. Todos caminharam até uma gruta que fica próximo ao parque. Mas estranhamente estavam logo todos exaustos e queriam voltar....

Quando do retorno,  foram todos para os esportes radicais.

Uns praticaram arvorismo, outros, optaram pelo pêndulo,  ou escalada, houve também quem optou pelo pedalinho, ou ainda por permanecer em terra firme apenas observando....

Enfim, teve diversão para todos ....

Após os jogos de aventura, todos foram almoçar....mas o almoço não estava pronto.

Então decidiram fazer a trilha ecológica.

Descemos por caminhos íngremes no meio do mato até chegar em um rio com muitas pedras e águas muito limpas.

Houve quem caiu, houve quem se molhou, uns acho até que se jogaram na água....

Não lembro ter visto muitos saindo secos daquele passeio pela trilha....

No retorno o almoço estava pronto. Tinha churrasco, maionese, salada, cuca, e refrigerante, tudo carinhosamente preparado pelos pais do Kemmerich.

À tarde todos foram para as piscinas novamente.

À tardinha mais futebol de sabão. Até a Luana jogou, e só no final do jogo lembrou que seu dedo estava machucado.....

Estavam todos novamente ensaboados, e prontos para tomar banho, arrumar as coisas e retornar.

Esse banho foi demorado, ninguém queria voltar para casa. Por fim, o ônibus atrasou alguns minutos até todo mundo juntar suas coisas, as coisas dos colegas....empacotar o jacaré para a viagem....comer o resto do sorvete.....

Por incrível que pareça o retorno não foi como esperado.

A maioria esperava por silêncio, para poder dormir ....mas a cantoria rolou solta...do funk ao sertanejo, passando pelo hino Nacional, hino Rataplan, Mamonas Assasinas.... o repertório foi bem extenso....

O mais interessante de tudo é que todos juravam não ter salgadinho  em suas mochilas, mas o cheiro  predominante no ônibus era de salgadinho!!!!

Como na viagem de ida, as meninas foram na frente, no retorno os meninos tomaram conta da parte da frente do ônibus. Mas sinceramente nunca vi alguns meninos tomando tanta água como na viagem de retorno...porque será??

Na parada para a janta todos comeram bem. Alguns tiveram de esperar pela janta pois pelo visto o restaurante não estava esperando tanta gente....

O retorno foi tranquilo depois dessa parada, pois somente depois  da janta que o povo sossegou e dormiu.

Observaçoes:

A Chefe Marlene tem de tudo na mochila dela, linha, agulha, lencois para os esquecidos, protetor solar, pós sol, repelente, kit de primeiros socorros....só não entendo como a mochila dela é tão pequena....

O Barden depois dessa viagem passou a ter animais exóticos em casa....

Alguns escoteiros tem o dom de desaparecer, e reaparecer instantaneamente ou ser teletransportados.

Mesmo que não pareça, é possível jogar futebol de sabão com um dedo quebrado.

Sempre que descia do tobogã o Michel molhava todo mundo e quase esvaziava a piscina.

Tinha gente querendo pegar sinal de Wifi de outro ônibus na BR...(IMAGINEM O DESESPERO).

São João do Oeste, com certeza, uma cidade de primeira, pois se passar prá segunda termina a cidade.

Atenção Ch. Regina, onde esta escrito refrigerante, leia SUCO NATURAL

Por ch. Renata e ch. Araújo.

 

Participantes:

Escoteiros:

Diogo Pellenz Dal Castel

Gabriel Barden da Silva

Guilherme Bugs

Gustavo Bugs

Gustton Ries

 Jean Carlos Maia

Julia Vieira

Leonardo de Paula Weissheimer

Luana Dall Agnol

Lucas Kapp

Luiza Witte da Rosa

Michel Luan Dengaten Rohrig

Milena Rauber Ross

Rafaela Vieira

Raul Jordani Pereira

 Ruiz Colleto 

Samira Baldo

Sênior:

Gabriel Duwe

Igor Molina

Wellington Schumann

Chefia:

Anderson Cardoso Araújo

Carlos Alberto Dal Castel

Jonathã Kemmerich

Marlene Cólvero

Renata Vanice Dengaten

Adultos:

Felizardo Próspero Sauthier

Kemmerich Mãe (Juce)

Kemmerich Pai (Paulo)

Voltar