01/06/2014
Chá do Asilo

Na fria manhã de domingo, dia 1º  de junho de 2014, o Grupo Escoteiro Cônego Sorg foi até o Recanto São Vicente de Paula para realizar mais um trabalho comunitário.

Fomos convidados para trabalhar no Chá do Asilo. A chefia foi até lá no sábado à tarde para acertar detalhes, mas foi informada de que o trabalho seria cuidar do estacionamento. Conversamos com a Irmã Iracema que aquele trabalho não poderíamos fazer, pois nossa  Diretoria não autoriza o trabalho de menores junto a trânsito de automóveis, e de que não necessitava tanta gente para guardar um estacionamento, e que já havia outros escoteiros que fariam esse serviço. Combinamos, então de voltar no domingo pela manhã e fazer a limpeza do local, o que foi feito.

Chegando lá, aquilo parecia terra arrasada por um temporal. Muita coisa para organizar, muita louça para lavar. Organizamos tudo.

As mesas foram desativadas e guardadas. Foram separadas as toalhas limpas das sujas e dobradas. As cadeiras foram organizadas todas num mesmo local. Todas as garrafas foram recolhidas e guardadas.

Foram lavados todos os panelões, travessas, conchas, fogões , bacias, chaleiras, garrafas térmicas e demais utensílios da cozinha.

Foi recolhida, lavada, secada e organizada toda coberta de mesa: xícaras, pratos, pires, garfos, facas, colherinhas, colheres, copos, vasos etc.

Como foram vendidos cerca de 800 cartões já dá para imaginar o tamanho da montanha de louça e talheres que foi lavada.

O piso foi varrido e todo lixo separado.

As irmãs mais idosas que chegavam na cozinha se espantavam com o trabalho dos escoteiros que estava sendo feito. Diziam que ainda não tinham visto aquilo.

Na metade da manhã a Irmã Iracema serviu um café com leite e bolo para os escoteiros. O trabalho começou às 8:30 e se estendeu até as 12:45.

Segundo as irmãs, no ano passado elas passaram mais de uma semana lavando a louça do chá, e neste ano não consegui dormir direito à noite pensando na enorme trabalheira que teriam pela frente.

A Irmã Iracema agradeceu muito o trabalho realizado e disse que “esse trabalho que vocês fizeram aqui é a verdadeira caridade, porque vieram anônimos, num domingo de manhã frio e chuvoso, sem painéis de propaganda e fizeram um serviço alegre e descontraído, um trabalho que ninguém está sabendo que fizeram. Um trabalho desses não tem preço, porque caridade não tem preço, e certamente vocês abriram mais um pedacinho da porta do céu prá vocês” .

No final dos trabalhos, numa conversa bem descontraída,  conversamos muito com a Irmã Iracema.  Falamos para ela sobre o funcionamento do Grupo Escoteiro Cônego Sorg, do porque do Lema, das cores do Grupo e da maneira como foi formado. Ela disse que está em Carazinho a menos de um ano, mas já notou nossa diferença no dia da Romaria, quando estávamos lá na beira da estrada distribuindo água, mas não sabia que era o Grupo Escoteiro que funcionava ali pertinho, no colégio das irmãs da Glória.

Vide fotos na galeria

Participantes:

André Reis

Diogo Dal Castel

Gabriel Barden da Silva

Gabriela Pagotto

Guilherme Kuhn

Gustton Ries

Nathália Pedroso

Adultos

Carlos Alberto Dal Castel

João Kressin

Jonathã Kemmerich

Luciane Pedroso

Paulo Roberto Kuhn

Pedro Pedroso

Regina Sincas

Voltar